Máquina de cartão: 3 dicas para decidir qual máquina escolher

Na dúvida sobre qual máquina de cartão escolher para o seu negócio? Essa indecisão é comum em todos os empreendedores que desejam oferecer mais condições de pagamento para os clientes, mas não sabem qual o modelo que oferece as melhores condições.

A boa notícia é que existem alguns fatores que indicam se uma máquina é boa ou não. Para saber mais sobre esse tema, confira nesse artigo todas as nossas dicas.

1.  Compare os valores das mensalidades da máquina de cartão

Atualmente podemos encontrar adquirir uma máquina de cartão em duas formas diferente: pagamento de mensalidade e compra à vista. A opção ideal irá depender do porte do seu negócio.

De modo geral, as empresas de pequeno porte que realizam poucas vendas ao longo de mês ganham vantagem em pagar uma mensalidade. Por outro lado, as de grande porte que possuem um fluxo de vendas maior, a indicação é comprar a máquina.

2.  Verifique a tecnologia da máquina de cartão

A tecnologia da máquina de cartão é outro fator que você deve analisar antes de contratar ou comprar o equipamento. O ideal é adquirir aquele modelo que seja prático para o seu negócio.

Algumas máquinas ainda operam com a conexão com a linha telefônica e necessitam do acesso à rede da internet. Outras móveis dependem da conexão Wi-Fi ou 3G móvel para poder operar, nesse último caso se a conexão for ruim, a máquina pode funcionar com dificuldade.

3.  Analise as taxas da máquina de cartão

As taxas sobre os pagamentos da máquina de cartão também precisam ser analisadas com cuidado. De modo geral, os equipamentos na modalidade mensalidade contam com tarifas menores em comparação com aquelas que são adquiridas à vista.

Normalmente, as máquinas com mensalidade cobram cerca de 2,5% nas operações de crédito, enquanto as sem mensalidade essa tarifa aumenta para 4,99% no crédito.